Final do Start Mais movimenta oeste e premia equipe escolar com projeto inovador

5  min

O desenvolvimento de projetos sustentáveis eficazes envolve a integração de conhecimentos de diversas disciplinas, como ciências, tecnologia, engenharia, matemática e ciências sociais. Mas além da habilidade de unir diferentes saberes, é preciso aplicá-los com inovação, visão empreendedora e boas parcerias. Para incentivar esse processo, surgiu o ‘StartMais: mudança de atitudes com ideias sustentáveis’, uma iniciativa que desafia estudantes do ensino médio de Chapecó e região a propor ideias criativas e sustentáveis a fim de melhorar o mundo.

As equipes finalistas do Start Mais foram: Alexandria (Bom Pastor/Chapecó);
E-Composteira (Vendelino Seidel/Iporã do Oeste); InovaSquad (Sesi/Chapecó);
Os Visionários (EEB Seara/Seara); Pixel (Colégio Uno/Chapecó); Smart Watch
(Felisberto de Carvalho/Palmitos); Star Tech (EEB São Bernardino/São Bernardino);
Tancras InnovateX (Tancredo Neves/Chapecó); TecFive (Sesi/Chapecó)
e Trilíngue (Colégio Trilíngue/Chapecó).

Nesta edição, o desafio lançado para os estudantes tinha como temática ‘Escola inovadora’. Para competir, os alunos formaram equipes com no máximo cinco participantes, sendo um deles professor da sua escola. Ao todo, 85 participantes toparam o desafio, formando 22 equipes, que representaram dez escolas da região Oeste.

Os inscritos participaram da Jornada de Inovação e de mentorias online, com apoio da Junior Achievement SC. Cada equipe apresentou seu pitch e os dez melhores projetos participaram da grande final, realizada na Unochapecó na última sexta-feira (01/12). A decisão foi acirrada e contou com uma banca avaliadora qualificada, que analisou os critérios de inovação, viabilidade do projeto, apresentação do pitch final e aderência aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável.

Inovação como fundamento da Universidade

Na abertura do evento, o Reitor da Unochapecó, professor Claudio Jacoski, se dirigiu aos estudantes e professores presentes e destacou o sentimento de orgulho ao ver as equipes organizadas em projetos tão significativos. Recentemente, a Uno foi reconhecida como a 9ª universidade mais empreendedora do Brasil, e é por meio de iniciativas como o Start Mais que esse compromisso de incentivo à inovação ganha força. O Reitor também garantiu que a Uno está de portas abertas para as novas gerações.

“É o que nós queremos para o nosso país e para a nossa população, e a Unochapecó leva a sério a inovação e o desenvolvimento regional. Mais de 40 mil pessoas ja se formaram aqui e a Uno se compromete todos os dias com a melhoria da condição de vida das pessoas da nossa região. Muitas pessoas trabalham todos os dias com esse objetivo e é fundamental olhar para vocês, jovens, que se envolvem com temas que façam vocês pensar em soluções para a nossa comunidade”, refletiu o Reitor.

Para o Diretor de Inovação da Uno e Diretor do Pollen Parque, professor Rodrigo Barichello, o Start Mais é uma oportunidade importante para estender a inovação além das fronteiras da sala de aula. “Ao oferecer o Start Mais, a universidade investe no futuro educacional de seus participantes, desempenhando um papel significativo no desenvolvimento dos jovens, preparando-os para os desafios do mundo profissional e promovendo habilidades valiosas e também fortalece sua posição como uma instituição comprometida com o desenvolvimento sustentável da região”, garantiu.

Parcerias de peso

A Junior Achievement é a maior e mais antiga organização de educação prática em empreendedorismo do mundo. Somente em Santa Catarina, são 19 mil voluntários atuando em mais de 200 municípios. Evandro Badin, que é Diretor da organização no Estado e egresso do curso de Administração da Unochapecó, não escondeu a emoção. Para ele, o evento integrou a missão da Junior Achievement de preparar e inspirar jovens ao empreendedorismo.

“Ser parte da solução dos problemas contemporâneos é responsabilidade de todos nós, e é de vocês estudantes também. Vocês foram desafiados a resolver questões que muitos adultos não conseguiram, de promover uma escola mais inovadora. Vocês aprenderam e fizeram parte de algo que as empresas e os profissionais fazem todos os dias, que é buscar soluções inovadoras para a economia, para os negócios, para o dia a dia. Quem sabe, essa solução pode ser escalada, e ela nasceu dentro de um projeto na Unochapecó”, refletiu Badin.

Os jurados da edição: Claudio Jacoski, Reitor da Uno;
Rodrigo Barichello, Diretor do Pollen Parque;
Evandro Badin, Diretor da Junior Achievement SC;
Milena Nandi, representante da Fapesc; Cleunice Zanella, Diretora da DEEC;
Jaqueline Weiler Brock, Coordenadora Regional de Educação;
e Raphaela Zawadzki, representante da Comissão das ODS da Uno. 

Além da assinatura da Unochapecó, do Pollen Parque e da Junior Achievement SC, o evento contou com apoio da Incubadora Tecnológica da Unochapecó (INCTECh), Diretoria de Educação Continuada e Extensão (DEEC), Diretoria de Marketing, Fundação Científica e Tecnológica em Energias Renováveis (FCTer), Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina (Fapesc), Rede Catarinense de Centros de Inovação, Prefeitura de Chapecó e Governo do Estado de Santa Catarina.

Fôlego renovado

Os projetos apresentados pelas equipes abordaram a temática ‘Escola inovadora’ a partir de diferentes pontos de vista, trazendo à tona questões que permeiam o cotidiano do Ensino Médio. Incentivo à leitura, aprendizado de línguas estrangeiras, desenvolvimento de softwares e robótica foram apenas alguns dos conteúdos em pauta no palco: a criatividade tomou conta dos estudantes. De acordo com o coordenador geral do Start Mais, professor Duilio Schaefer Junior, o sentimento é de inspiração para o planejamento da próxima edição.

“Foi surpreendente perceber o quanto os estudantes do Ensino Médio, que participaram do Start Mais, se engajaram com a jornada de inovação proposta. Parabenizo os professores das escolas por estimularem estes jovens na busca por soluções, pesquisa e inovação. Isso demonstra que a criatividade, a iniciativa e a capacidade de resolver problemas precisam ser estimuladas desde cedo. Assim, é possível potencializar as habilidades e competências destes que estarão nos bancos acadêmicos, no mercado de trabalho e desenvolvendo a sociedade do futuro”, destacou.

Em 2024, o Start Mais está previsto para ocorrer ainda no primeiro semestre. A expectativa, conforme o professor Duilio, é de aumentar ainda mais o alcance do programa. “Saímos desta edição muito empolgados pelo que virá no Start Mais 2024. Para a próxima edição, já temos um projeto aprovado na Fapesc e estamos conectando diversas parcerias. Preparem-se, pois o Start Mais 2024 será ainda maior!”, concluiu.

Premiação

Ao final dos pitches, a banca de jurados se reuniu para deliberar sobre as pontuações obtidas pelas equipes diante dos critérios exigidos. A escola Vendelino Seidel, de Iporã do Oeste, sagrou-se campeã com a equipe E-Composteira. O segundo lugar foi ocupado pela equipe StarTech, da Escola São Bernardino, de São Bernardino. A equipe InovaSquad, da Escola Sesi, de Chapecó, ficou com o terceiro lugar.

Também foi premiada a EEB Bom Pastor, de Chapecó, como Escola Destaque, com o maior número de equipes inscritas e que participaram de toda a jornada.

Compartilhe

Unochapecó é reconhecida como a 9° universidade mais empreendedora do Brasil

Pollen Parque promove evento regional inédito sobre mobilidade elétrica

Unochapecó obtém patente para sistema inovador de segurança alimentar

Junte-se a nossa lista de leitores.

Receba em primeira mão dicas e novidades sobre o Pollen Parque Científico Tecnológico!

    Deseja receber e-mails sobre os serviços do Pollen? Você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento.